Brasil, o país dos Bilhões em corrupção

Joesley Batista, dono da JBS, teria gravado Temer confirmando a compra de silêncio de Cunha. Aécio também teria sido gravado pedindo 2 milhões de reais
Marcos Corrêa/PR
temer.jpg

O presidente e o empresário teriam conversado por cerca de 40 minutos a sós.

A afirmação do ex-ministro Ciro Gomes de que “Michel Temer é testa de ferro de Eduardo Cunha” nunca foi tão verdadeira. O jornalista Lauro Jardim, do jornal O Globo, revelou que o atual presidente foi gravado em um diálogo embaraçoso com Joesley Batista, dono da JBS.

O peemedebista ouviu do empresário que estava dando ao deputado cassado Eduardo Cunha, atualmente preso em Curitiba, e ao operador Lúcio Funaro uma mesada na prisão para que ficassem calados. Diante da informação, diz a reportagem de O Globo, Temer incentivou: “Tem que manter isso viu”. A informação foi confirmada pelo Jornal Nacional com investigadores da Lava Jato. A revelação…

Ver o post original 240 mais palavras

Anúncios