Blog da Boitempo

cunha21Por Luis Felipe Miguel.

São muitas as derrotas representadas pelo golpe de 2016. Para começar, é a derrota do experimento democrático inaugurado com o retorno dos civis ao poder, em 1985, cujos marcos foram definidos pela Constituição de 1988. Os procedimentos elementares da democracia eleitoral foram violados, com o afastamento ilegal de uma presidente escolhida pelo voto popular, e o consenso mínimo que o texto constitucional consignava, de construção de uma sociedade (ao menos um pouco) menos injusta, também foi quebrado. Nesse sentido, vivemos o fim da “Nova República”, conforme observaram vários analistas, de Leonardo Avritzer a Carlos Eduardo Martins.

Ver o post original 1.539 mais palavras

Anúncios