LavraPalavra

Por Ella Whelan, via Spiked Review, traduzido por Anna e Oleg Savitskaia

O velho slogan sobre o fardo branco tem se transformado na culpa branca. Uma entrevista com Slavoj Zizek.


Ele é um filósofo e psicanalista reconhecido. Um destemido marxista hegeliano. E, segundo alguns, “o mais perigoso filósofo do Ocidente”. Ele é obviamente Slavoj Zizek. E, não importa o que mais ele possa ser, Slavoj continua sendo um dos pensadores mais inquiridores e de espírito independente por ai, possuindo um intelecto tão prodigioso quanto são prolíficos seus escritos. Ella Whelan decidiu que estava na hora de fazer algumas perguntas ao próprio grande filósofo sobre a crise de imigrantes, Guerras das Culturas e o seu livro recente “Contra a Dupla Chantagem: Refugiados, Terror e Outros Problemas com os Vizinhos”.

Ella Whelan: No seu livro, o senhor critica o humanitarismo liberal e a resposta emocionalmente excessiva à crise migratória. Por…

Ver o post original 2.963 mais palavras

Anúncios