00pixuleco Uma das “Fases” da “Operação” “Lava-Jato” doi denominada “Pixuleco” no ano passado. Foto: Givaldo Barbosa / Agência O Globo

Por Rogerio Dultra dos Santos

Este mês que termina começou com a calmaria que antecipa as tempestades. Ano eleitoral, sabe-se, não abre espaço para improvisações. A calmaria, portanto, é mesmo aparente e, diferentemente do ano que passou, este 2016 foi inaugurado taticamente por um movimento de reação – a entrevista aos blogueiros de esquerda – do próprio Lula, até então timidamente nas cordas. Posição, aliàs, inaceitável para o candidato presidencial mais evidente em 2018. Num ambiente polarizado, como o país hoje, tomar a iniciativa na batalha é fundamental.

Antes de continuar, uma lembrança: 2015 foi um ano turbulento, verdadeira montanha russa política. Sob este rio caudaloso de golpes e contra-golpes, de reviravoltas mirabolantes no Congresso, no STF e na vida social (vide o desastre ambiental da Vale do Rio Doce, gestado…

Ver o post original 582 mais palavras

Anúncios